Frente Parlamentar de Promoção da Igualdade Racial Promove Sessão Solene Alusiva ao Dia Nacional da Consciência Negra

Na noite de quarta-feira (17/11), sob a coordenação da Frente Parlamentar de Promoção da Igualdade Racial, composta pelos vereadores Sabrina Leonel, Joel Rangel e presidida pela vereadora Patrícia Crizanto, a Câmara de Vila Velha realizou uma emblemática sessão solene em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado em todo o país, no dia 20 de novembro. O evento contou com a presença de autoridades públicas municipais, estaduais e representantes de entidades e movimentos que lutam pelo avanço das politicas de promoção da igualdade racial em Vila Velha.

“Estamos aqui hoje nessa Casa de Leis celebrando o dia 20 de novembro, Dia Nacional de Zumbi e Dia da Consciência Negra, data que para nós é a verdadeira libertação. Infelizmente não é dia de festa. É dia de luta, de resistência e de valorização a quem já lutou e, muitas vezes não é reconhecido, dia de pensarmos em nosso futuro, no futuro do nosso povo, nós somos o sonho dos nossos antepassados. Por mais que as Leis garantam a igualdade entre os povos o racismo ainda é um processo histórico que modela a sociedade até os dias de hoje, prova disso é o contraste explícito entre o perfil da população brasileira e de sua representatividade no Congresso, enquanto a maior parte dos habitantes é negra, cerca de 54%, quase todos  96% dos parlamentares são brancos, outro dado relevante  da violência contra a população negra, é que a cada 23 minutos um jovem negro é assassinado no Brasil, precisamos unir o poder público e sociedade civil nessa luta”. Disse a vereadora Patrícia em seu discurso.

A Coordenadora de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade Federal do Espírito Santo, Dra. Patrícia Rufino, proferiu uma palestra e uma reflexão sobre a importância da Consciência Negra.“Uma luta antirracista não se faz com aqueles que não se conhecem,não se reconhecem e não compreendem a sua identidade. Então o mais importante quando se fala em educação e, principalmente, quando se fala em fazer uma em educação antirracista na escola, é fazer com que nossos meninos e meninas entendam quem são de onde vem e porque estão na situação em que estão e, logicamente, são os nossos jovens futuros gestores, políticos que vão ocupar o lugar de fazer esse enfretamento contra o racismo” - Enfatizou ela.

As sessões solenes, para mim, são uma forma de valorizar o trabalho e honrar a vida de muita gente que não é reconhecida pela sociedade. Muito me alegra estar nesta posição de voz e decisão, que me possibilita homenagear esses pretos e pretas, do nosso município. Finalizou a vereadora Patrícia.

 

 

Departamento de Comunicação

Câmara Municipal de Vila Velha

Fotos - Débora Benaim

Tel.: (27) 3349-3252

comunicacao@cmvv.es.gov.br