Luta por instalação de grades de proteção na 3ª Ponte começou na Câmara

por Claudio Figueiredo publicado 09/08/2017 22h30, última modificação 10/08/2017 12h31

 

Na tarde desta quarta-feira (09/08), o vereador Osvaldo Maturano (PRB) reconheceu o empenho do Poder Público para que a empresa Rodosol instale barreiras de proteção nas laterais da Terceira Ponte. Em seu pronunciamento, o parlamentar também fez menção à luta da Câmara de Vila Velha, desde a legislatura anterior, para obrigar a concessionária a instalar essas grades, a fim de evitar o aumento do número de suicídios no local.

 

 

“Ao lado dos ex-vereadores Joel Rangel e Belarmino Nunes, protocolamos denúncia no Ministério Público e a partir da notificação judicial que esta ação gerou, a intervenção da Assembleia Legislativa e do Governo do Estado, em defesa da causa, fez com que a Agência de Regulação dos Serviços Públicos do Espírito Santo (ARSP) determinasse a realização de estudos técnicos, por parte da Rodosol, para que as providências necessárias sejam adotadas. O ex- vereador João Artem, inclusive, é autor de uma lei que obriga concessionárias de serviços viários a garantirem a segurança dos usuários nas vias públicas sob sua responsabilidade”, lembrou.

 

 

Aparteando o pronunciamento de Osvaldo Maturano sobre o assunto, o vereador Arnaldinho Borgo (PMDB) elogiou a importância da lei do ex-vereador João Artem, fez um resumo das contribuições da Câmara de Vila Velha para fortalecer esta luta, desde a legislatura passada, e falou sobre um projeto de sua autoria, intitulado “Setembro Amarelo”: “Apesar de propor a criação de um programa de prevenção contra suicídios, envolvendo ações de valorização da vida, que se revestem de elevado interesse público, esta proposição foi vetada pelo Poder Executivo. Infelizmente, a atual Administração não considerou a matéria importante, mesmo diante do crescente número de suicídios em Vila Velha”, lamentou.

 

“VEREADORES ATUAM COM POSTURA CRÍTICA,

MAS PROPOSITIVA”, RECONHECE MATURANO


  


Na sessão desta quarta-feira (09/08), o vereador Osvaldo Maturano (PRB) defendeu as prerrogativas dos parlamentares da cidade e a postura crítica e comprometida com que todos vêm exercendo seus mandatos no Legislativo, em busca de soluções para os problemas de Vila Velha.  “Somos fiscais dos atos do Poder Executivo. Temos o dever e o direito de criticar, de apontar falhas da prefeitura e de buscar atendimento para as demandas públicas. É claro que também temos que apoiar os bons projetos da Administração e contribuir com tudo aquilo que for positivo para a cidade e para a população. É isso que a Câmara têm feito. E por estarem trabalhando com postura crítica e independente, mas também transparente e propositiva, os vereadores de Vila Velha estão de parabéns!”, afirmou.

 

Confira este discurso na íntegra, assistindo o vídeo a seguir:


 

Departamento de Comunicação
Câmara Municipal de Vila Velha 
Editor Chefe: 
Claudio Figueiredo
Jornalista: Kárita Iana
Imagens/vídeo: Eder Denadai
Fotos: Schenilton Carvalho
Tel.: 
(27) 3349-3252
comunicacao@vilavelha.es.leg.br