Aniversário de 20 anos do Museu da Casa da Memória é comemorado em Sessão Solene

Em homenagem aos 20 anos do Museu da Casa da memória, e ao brilhante trabalho exercido por voluntários que prezam o valor cultural da história de Vila Velha, o vereador Mirim Montebeller (PODE) promoveu uma Sessão Solene na quarta-feira passada (25/10), na Câmara Municipal. A solenidade contou com a presença do presidente do Instituto Histórico Geográfico de Vila Velha, Manoel Goes, de representantes do 38º BI e da escola de aprendizes de marinheiro, e ainda de deputados federais e secretários estaduais.

Na ocasião, algumas lideranças foram homenageadas com certificados de honra ao mérito Vasco Fernandes Coutinho. O proponente da sessão parabenizou toda a diretoria da Casa da Memória e disse se sentir orgulhoso com a equipe de voluntários que dedicam seu tempo em prol da história e cultura de Vila Velha. “Muito me orgulha o trabalho desse grupo que busca fomentar a cultura do nosso município cuidado do importante acervo que temos e propondo novos caminhos para a cultura local”, frisou Mirim.

Manoel Goes também subiu a tribuna para fazer um resgate histórico da trajetória de 20 anos da Casa, e demonstrou satisfação com a homenagem. “Muito me alegra esse momento de reconhecimento do nosso trabalho que é árduo e de grande responsabilidade. Hoje somos reconhecidos como um dos mais atuantes Institutos Histórico Geográfico Municipal do país, pelos relevantes serviços prestados em pesquisa e preservação histórica, o que muito nos orgulha. Atualmente também ocupamos o 7º lugar no ranking dos museus mais visitados do país, com mais de quatro mil visitações por mês”.

E o presidente do Instituto continuou: “Nesses 20 anos a Casa da Memória vem contribuindo  com o fortalecimento da identidade capixaba, e estamos trabalhando cada vez mais para isso. Nossa meta é colaborar para uma Vila Velha mais moderna, uma cidade cada dia mais criativa, que saiba unir a cultura ao turismo”, frisou.

As demais autoridades também fizeram uso da palavra e demonstraram respeito e orgulho pelos importantes serviços prestados para manter a história da cidade viva não só no Estado, mas em todo o país.

Confira essa sessão, na íntegra, acessando o vídeo abaixo:


 

História

O Museu Casa da Memória, localizada no sítio histórico da Prainha, foi inaugurado em 27 de outubro de 1997. Ocupa uma casa que foi construída em 1893 e tombada pelo Conselho Estadual de Cultura na década de 1980. Essa construção do final do século XIX foi originada do movimento organizado pela associação de moradores da Prainha.

No espaço, existe um acervo permanente acervo permanente que reúne fotos antigas, bandeiras, instrumentos de navegação, estátuas de personagens históricos importantes, jornais, revistas e outros documentos sobre o sítio histórico da região da Prainha e de Vila Velha, além do Bonde 42, de 1912, o transporte público que circulou a cidade até 1973 e que foi restaurado para fazer parte da exposição.

A edificação é situada em frente à Praça Tamandaré e é uma das últimas estruturas do século XIX. Em 1989, a liderança comunitária entorno da Casa da Memória teve a iniciativa de ver instalado o Museu Etnográfico de Vila Velha.

 

Departamento de Comunicação
Câmara Municipal de Vila Velha 
Editor Chefe: Claudio Figueiredo
Jornalista: Kárita Iana
Imagens/vídeo: Eder Denadai
Fotos: Gilberto Ribeiro
Tel.: (27) 3349-3252
comunicacao@vilavelha.es.leg.br